Powered by Blogger.
RSS

A PRESENÇA AZUL DA PAZ






Gravura -Collage  by Derek Gores


Aninho-me no interior
silencio dores pintando-as de luz
desato os sentidos
sugo porção divina
catuco a lua
beijo as nuvens
mordisco o vulcão.

Consequências?

Ninho
coração iluminado,
sinestesia,
Amor,
lunação pessoal em equilíbrio,
chuva de ilusão
lava adocicada de revolução

Em um caminho de muita paz
vou seguindo...

Claudiane
20/06/2013


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

4 comments:

manuel marques Arroz said...

Vitor Hugo dizia:"As revoluções, como os vulcões, têm os seus dias de chamas e os seus anos de fumaça.
Gostei.

Abraço.

claudia cavalcanti said...

claudiane, "teu ninho" interior é abastecido por geradores de muita fôrça e fica muito lindo. Tuas fontes de busca na natureza, expressa nos versos, mostra isto. bjs

Carlos Moraes said...

acho que o caminha da paz é assim mesmo, poético e surreal... somente quem sonha e tem sensibilidade pode percorrê-lo... bjs

Diego D' Avila said...

Utilizou elementos da natureza para poetizar a paz que sente. Mais uma vez, parabéns Claudiane.

Post a Comment

Publicações populares