Powered by Blogger.
RSS

SOU O DOURO

eu nasci no Douro
há dias anos séculos atrás
eu nasci com a tristeza do Douro
eu pari a tristeza do Douro
e da melancolia do Douro eu nasci.

eu sou o Douro
este rio é minha alma
o jardim ibérico de intensidade e beleza
do porto conquistador para o conquistado
dos vales amargurados quanto belos
das vinhas do doce e do inebriante
eu sou o Douro que se espalha para o mar
eu sou a alma errante como a água
que viaja enquanto o rio não sai do lugar.

eu nasci no Douro
da tristeza do Douro, e de lá tenho saudade
eu nasci a saudade, e dediquei a saudade
para mim e para o Douro, para o amor
que como o Douro sempre se esvai,
eu nasci no Douro
há dias anos séculos atrás.

eu nasci da tristeza e da beleza, do Douro
da melancolia portuguesa, esta alma do Douro

eu sou o Douro, aguardo minha morte para retornar.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

3 comments:

Nádia Santos said...

Muito linda esta paixão por um lugar, por algo da terra natal! Um abraço

=> Gritos da alma
=> Meus contos
=> Só quadras

Dulce Morais said...

O Douro, um dos símbolos do país lusitano, leva as águas, como levou homens, até ao oceano. Espalha-as pelo mar salgado até chegarem a outras costas, a outros horizontes... mas as águas nunca deixam de lhe pertencer!
Parabéns por este belíssima primeira participação, Carlos!

=> Crazy 40 Blog
=> Pense fora da caixa
=> Tubo de Ensaio
=> MeNiNoSeMJuIz®

Diego D' Avila said...

Parabéns pelo primeira publicação Carlos. O interessante é que o nome do rio também pode ser interpretado como você ser "de ouro", decerto pela forma nobre como escreve, parabéns! Abraços.

Post a Comment

Publicações populares