Powered by Blogger.
RSS

UM FIO DE SOM





Compreendam-me
Acima de tudo 
PERDOEM-ME

Noite de luar
Surge arcanjo Miguel
pra ajudar

Que queres ?
O PERDÃO.
Alegro, enfim percebeste...

Flash back
compartimentos semiescuros
Ações perdidas exteriorizam-se

Nada do que venha a falar
Justifica meu ato de desamor

Se assim pudesse...
Escolheria a vida, o abraço, o sorriso
não a morte!

Daria todo o tempo que ainda me resta
para ouvir um fio de som ...

Luzes multicoloridas eclodem
três pontinhos sobressaem
bailam em ritmo confortante de bondade e perdão

Reconciliação
 minha alma brilha em paz.

claudiane




  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

7 comments:

Dulce Morais said...

Claudiane,
Uma história contada, uma reviravolta inesperada, e um excelente poema! Obrigada!

=> Crazy 40 Blog
=> Pense fora da caixa
=> Tubo de Ensaio
=> MeNiNoSeMJuIz®

Carlos Moraes said...

não espero ter, em meu último momento, essa redenção... por isso gosto de ler - é uma forma de sentir - histórias em que a alma alcança a paz... bjs

danka maia said...

Lindo amiga...Emocionante!

Cris Campos said...

Clau,

Que bom que os três pontinhos sobressaíram, porque daqui a gente completa com o imaginário. Lindo minha querida! Gr. Bj.!

manuel marques Arroz said...

Um único minuto de reconciliação vale mais do que toda uma vida ...

Abraço.

claudia cavalcanti said...

Gostaria de ter a certeza de que mevou assimtambém em paz. Lindo este unir dos mundos paralelos numa despedida e chegada ao mesmo tempo, bjs

JG Costa said...

A poesia, a meu ver segue as mesmas regras do conto, tem de ter começo, meio e fim. Adorei! Abraços.

Post a Comment

Publicações populares