Powered by Blogger.
RSS

Verso e reverso...

Desligo-me
mas não consigo
continuas presente
no meu desejo
ardente...

Assim como a Lua
as estrelas a brilhar
a rua
o Céu
e o mar...

Fazes parte
do meu universo
és a minha sombra
o meu reflexo
o verso e o reverso...

Manuel Marques (Arroz)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

4 comments:

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

Manuel, este poema é divino por demais. Todo o ser humano deveria viver este sentimento simbiótico.

Orvalho do Céu said...

Olá, Manuel
Os contrastes do amor e do ser humano pleno...
Muito bonito o seu poema!!!
Ótimo fim de semana!!!
Seja abençoado e feliz!!
Abraçso fraternos de paz e bem

Dulce Morais said...

Quantas vezes a memória nos deixa na pele o sentimento que não se apaga...
Belíssimo, Manuel!

=> Crazy 40 Blog
=> Pense fora da caixa
=> Tubo de Ensaio
=> MeNiNoSeMJuIz®

JG Costa said...


Quando se está a amar, até o dobrar de uma folha ao vento lhe inspira a paixão. Abraços.

Post a Comment

Publicações populares