Powered by Blogger.
RSS

A Dama da Torre

Imagem Google

Presa por anos
Na torre a dama,
Em seus desenganos
Tem por tristeza a cama.

Ouvem-se os gritos
De desespero,
No morro dos aflitos
O dia inteiro.

Até a chegada
Do fatídico dia,
Da alma esperada
A trazer-lhe alegria.

Escalou o seu prédio
De oito andares,
E livrou-a do tédio
E de seus pesares.

E hoje a historia
É contada em mil línguas,
Da salvação tão notória
Tirada das mínguas.

E amou o cavalheiro
Com seu corcel negro,
Distinto cavaleiro
Da dama se fez servo.

Essa historinha
É a que o mundo mais gosta,
A dama virou rainha

Dos lamentos dela ele Foi a resposta.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

1 comments:

Dulce Morais said...

Em cada verso, Osny, se lê magia. A vontade do poeta de resgatar a dama que lamenta na sua torre.
Muito belo!

Post a Comment

Publicações populares