Powered by Blogger.
RSS

FLOR


FLOR

Por onde ando,
sempre vislumbro uma flor,
e instantaneamente lembro de você.

Vislumbro uma flor, seja qual for,
e o que mais queria era poder te oferecer,
essa flor, e toda e qualquer flor.

Mas já não me atrevo a fazer,
como, depois que tudo acabou,
te oferecer, mesmo virtualmente,
uma flor, humildemente.

Não, não é falta de coragem minha,
é consciência minha,
de que tudo o mais que entre nos veio a acontecer,
não há a mínima chance de pelo menos,
uma vil relação de amizade entre nos dois,
enfim pudesse alvorecer.

Mas as flores eu vislumbro,
e essas mesmas flores,
a você eu vou te oferecer.

Não, isso não é sofreguidão,
isso não é idolatria,
isso tudo que sinto por você,
e esse Amor impossível,
que reside no meu coração,
escorre pela minha alma,
e tem vezes, como agora,
não há como que se acalma.

É assim que é,
tudo agora é impossível,
tudo agora é sem graça,
mas ficou a Saudade de você,
que é diuturna, mas não me importuna,
porque tal qual você é uma Flor.

Marco A. Tisi

( 20/01/2013 )


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

1 comments:

danka maia said...

Marco,eu adoro o modo como você lida com as palavras descrevendo nelas teus sentimentos.Mas uma vez, simplesmente Único!
Beijocas Danka Maia

Post a Comment

Publicações populares