Powered by Blogger.
RSS

INVASÃO por Danka Maia




Como gosto do gosto que você tem.
Desse teu jeito
Onipotente e imponente 
De se fazer presença,
Mesmo só quando,
Nos meus adágios vem.

Ah, meu lado querido,
Como isso me faz bem!

É esse teu jeito de mesclar,
O doce e o amargo,
O céu e o véu,
O sentido e o pesar,
Que me faz pensar
Que poder é esse que
Sobre mim você tem?

É a loucura que me toma,
É a vontade que me doma,
É esse jeito despretensioso
Que faz assim...
Eu já de pronto,
 Te digo amém!

Quero ir embora,
Mas não consigo.
A alma implora.
O espírito grita.
O coração chora.
Entretanto,
O corpo fica.

Se sempre tua serei,
Nem mesma eu sei.
Mas se o minuto
É o um mundo.
Ah meu amor,
Então saibas
Que aqui é teu planeta,
E nele,
Tu és meu Rei!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

3 comments:

Cris Campos said...

Uauuu Danka! Entrega total em versos tenros! Adorei! Gr. Bj.!

danka maia said...

DE VEZ EM QUANDO É BOM SE ENTREGAR, NÃO? oOBRIGADA LINDA!

Dulce Morais said...

Danka,
A tua poesia conta histórias de magia na entrega, diz doçura em versos e nos oferece um terna invasão dos sentidos.
Parabéns!

=> Crazy 40 Blog
=> Pense fora da caixa
=> Tubo de Ensaio
=> MeNiNoSeMJuIz®

Post a Comment

Publicações populares