Powered by Blogger.
RSS

Jamais deixou de acreditar

Um poema de 2010 para os amigos, contando a estória de um homem que, por amor, "jamais deixou de acreditar"!
JGCosta




Sem perceber o amor chegou
E num instante tudo mudou
Ela que vinha tão desenxabida
Andando sempre aborrecida
Esse presente a modificou

Trocou prantos por sorrisos
Fez-se alegre aos amigos
Todos notaram a diferença
Não há o que o amor não vença
Mesmo num mar de desatinos

Mais eis que um dia o acaso
Acabou dando um breve prazo
Para acabar com a alegria
Que entre os dois agora havia
Aconteceu sem nenhum atraso

Uma doença muito conhecida
Veio querer ceifar a vida
Da mulher que encontrara
O alguém com que sonhara
E agora estava deprimida

O caso foi dado como perdido
Seu corpo não havia reagido
Remédios não adiantaram nada
Ela ficou desenganada
Viu o seu sonho dissolvido

Mas aquele a quem o amor tocou
Toda a sua fé em Deus pousou
E nenhum momento ele desistiu
Um apaixonado o mundo viu
Na esperança se algemou

E o Criador ouviu seu lamento
Pois Ele age no devido momento
Foi da noite para o dia
A recuperação trouxe euforia
Que não sentiam fazia tempo

Não há mais hoje sofrimento
Passou por eles como o vento
Jamais deixaram de agradecer
Ao Pai que os ajudou a renascer
E hoje assiste ao seu casamento

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 comments:

Dulce Morais said...

Que história maravilhosa que nos é contada em tão bela forma!
Adorei, Joel!
Parabéns!

=> Crazy 40 Blog
=> Pense fora da caixa
=> Tubo de Ensaio
=> MeNiNoSeMJuIz®

Isa Lisboa said...

Que bom pelos finais felizes! Uma bonita história!

Isa Lisboa
=> Instantâneos a preto e branco
=> Os dias em que olho o Mundo
=> Tubo de ensaio
=> Pense fora da caixa

Post a Comment

Publicações populares