Powered by Blogger.
RSS

Mar de rosas.

Teu corpo
ondulante
mar onde navego
num sonho
constante...

teu perfume
cheiro de rosa
pele macia
rosa maresia
cheirosa...

Teu peito
de vagas alterosas
mar manso da tua alma
porto de abrigo
aonde me deito
em noite calma...

Teu cheiro
sal da vida
corpo de um mar de rosas
barca perdida
em mar de amor profundo
em minhas entranhas...

 Manuel Marques (Arroz)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

4 comments:

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...


Sempre bom navegar em um mar de amor profundo.
Bjs no seu coração.

Cris Henriques said...

Olá Manuel Marques,

Um poema cheio de amor e ternura.
Gostei muito.

Beijos

Isa Lisboa said...

Um amor que é subitamente vaga de um mar e porto de abrigo... Gostei, é assim mesmo que o amor é!

Beijo

Isa Lisboa
=> Instantâneos a preto e branco
=> Os dias em que olho o Mundo
=> Tubo de ensaio
=> Pense fora da caixa

Dulce Morais said...

Quanta doçura nas ondas dos teus versos, Manuel!
Adorei, como sempre!

=> Crazy 40 Blog
=> Pense fora da caixa
=> Tubo de Ensaio
=> MeNiNoSeMJuIz®

Post a Comment

Publicações populares