Powered by Blogger.
RSS

O CONHECIMENTO

Imagem Google

Tenho a caneta por lança
E o papel por estandarte,
Na medida em que o inimigo avança
Minha arma é a poesia em arte!
Eu vou para a guerra com gana
Na certeza real da vitória,
Pois o escrever é para quem ama
E compartilha a melhor história!
O meu exército são as palavras
E por arma o conhecimento,
É uma munição que não se acaba
E durará por muito e muito tempo!
Por isso hoje eu te digo
Será melhor a rendição,
Para o saber não há inimigo
Essa é a única condição!
Pois se realmente sair a lutar
E deveras quiser vencer,
Terá muito que estudar...
Então comece hoje a ler!
Pois tenho a caneta por lança
E a tela por estandarte,
Na medida em que o saber avança
Ainda o estudar é a melhor arte!


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

6 comments:

Rosa Mattos said...

Perfeito, Osny!

abraços/

Dulce Morais said...

Osny,
Sendo uma leitora assídua que responde, só posso concordar!
A minha avó ensinou-me que "O saber não ocupa lugar mas permite construir mundos"!
Parabéns pelos seus versos!
Abraço!

JG Costa said...

Pensei sobre isso hoje de manhã, meu amigo, escrever todos podemos, basta aprender; fazer arte exige além do dom da leitura o dom da sensibilidade, comum aos poetas. É treinar e treinar para depois compartilhar O Conhecimento! Abraços e parabéns pela inspiração!

Carlos Moraes said...

as palavras podem ferir mais que armas letais... o conhecimento permite direcioná-las, para o desarmamento, mas também para o suicídio... como no verso do Gullar, que a arte nos aponte uma resposta, mesmo que ela não saiba...

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

Como diz uma das letras do OTM, " Nem toda a palavra é aquilo que o dicionário diz..."
Abuse de suas armas e munições e do lado de cá ficarei a estudar.
Bjs.

Isa Lisboa said...

São de facto munições poderosas!

Bjs

Isa Lisboa
=> Instantâneos a preto e branco
=> Os dias em que olho o Mundo
=> Tubo de ensaio
=> Pense fora da caixa

Post a Comment

Publicações populares