Powered by Blogger.
RSS

Thomar


Imagem: Google

Thomar

São águas que correm por ti,
Que lavam as tuas calçadas,
Levam nelas a tua história
Dos Templários e das suas pegadas.

O Nabão atravessa as idades
E conta o teu passado.
A tua roda gira ainda no rio,
O Mouchão ainda canta o Fado.

És bela, cidade da minha infância,
Quando te decoras de flores
Para os Tabuleiros enfeitares
De pão e de todas as cores.

E lá no cume do monte
Observa ainda o teu Convento
Com os olhos de quem lhe deu o nome
A bondade do Cristo atento.
Dulce Morais

Se desejar saber mais sobre:

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

9 comments:

claudia cavalcanti said...

Só podiam sair belos poemas de alguém que nasce numa bela cidade como esta e tem a alma portuguesa da nostalgia dos fados.Achei lindo o Convento de Cristo, muito tenho aprendido sobre Portugal através de ti. Parabéns pelo poema, bjs

Sandro Panografia said...

Lindo ! Com certeza você tem ótimas recordações de sua infância porque tão bela quanto a cidade de tua infância é a poesia que dedicas a ela ...parabéns Dulce !

Carlos Moraes said...

beleza, história e sensibilidade... é a cidade, são seus filhos... bjs

Cris Campos said...

Ah Thomar, linda Thomar! Teu rio leva história... Quem sabe um dia me contarás? Lindo demais teu poema e tua cidade Dulce! Gr. BJ.!


Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

Dulce, através de sua poesia conheci um pouquinho da magia que rodeia Thomar. Desde os templários, passando pela lenda de Santa Irene que está ligada ao rio Nabão e a terminar com a festa do Divino que acontece de 4 em 4 anos, cuja a próxima acontecerá em 2014. Quem sabe até lá ganho na loteria e não levo todos os companheiros brasileiros do Tubo .

Obs: A população de Tomar está de parabéns em possuir um Convento dinâmico, com diversificada atrações culturais.
Adorei Tudo!
Bjs.

Dete said...

Lindo hino de amor à sua cidade. Ela parece realmente bonita, debruçando-se languidamente sobre o rio. Bjs

Dulce Morais said...

Obrigada a todos pela leitura e tão belos comentários!
Grande abraço a cada um!

Diogo Aguiar said...

Muito bom Dulce, parabéns! Beijão!

eder ribeiro said...

Dulce, da cidade q nascia, a maior lembrança é do rio. Bjos.

Post a Comment

Publicações populares