Powered by Blogger.
RSS

UM ANJO SEGREDOU-ME OUTRO DIA...

Imagem Google
Segredou-me outro dia aos ouvidos
O que me foi o maior dos segredos
Sua doce voz exprimia em gemidos
E dizia pr’eu compor meus medos...
E seguia a relatar:
O que eu deveria escrever
Era ser amado e também amar
E de se entregar sem mesmo temer!
Disse-me sobre rendição total
Do tal do amor e ser amado
Que o mais belo é o essencial
De tocar e ser tocado.
Alertou-me pra eu tomar cuidado
Tal qual árvore do jardim...
Do fruto que me é mais cobiçado
E de igual modo desejado por mim.
Que por ele escrevia à noite
Vertendo lágrimas de dor
Que essa paixão me servia de açoite
Quando eu começava a compor!
Aquele fruto até então já proibido
Estava prestes a deixar de ser
Pois seu coração tinha amadurecido
Revelou-se em sabor de mulher!
Depois disso ele então me disse
Que eu a mordesse com meu beijar
E antes que ele desaparecesse
Sorriu e deu-me permissão de amar!







  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

5 comments:

claudia cavalcanti said...

..."O mais belo é o essencial".., aí está a essência do teu anjo/amar.És um apaixonado por este verbo e o sabes muito bem o conjugar.Bj

Gareth S.Cunha said...

adorei

Carlos Moraes said...

o amor cria anjos que recriam o amor... abs

JG Costa said...

Belo versejar meu amigo! Abraços!

Dulce Morais said...

Há segredos que se escrevem, que rimam com o peito do poeta.
Muito belo!
Parabéns, Osny!

=> Crazy 40 Blog
=> Pense fora da caixa
=> Tubo de Ensaio
=> Neo Literattus
=> MeNiNoSeMJuIz®

Post a Comment

Publicações populares