Powered by Blogger.
RSS

Artimentos

Arte: Michael Cina

Artimentos

O silêncio tem cores;
o branco da ausência, o azul do sentimento, o verde da esperança.

A ausência tem notas;
o Lá da dor no peito, o Ré da melancolia, o Sol que se apagou.

O sentimento é arte;
uma tela de emoções, a argila que se faz permanente, um retrato do que fica no peito.

A esperança é uma viagem;
um voo de uma mão até outra, uma estrada percorrida, uma mala cheia de nós.

Dulce Morais

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

9 comments:

Gilberto de Almeida said...

É, Dulce! O Silêncio tem cores... Muito verdadeiro e poético. Creio muito nisso!

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

"O sentimento é arte;
uma tela de emoções, a argila que se faz permanente, um retrato do que fica no peito."

Esta tela, muitas vezes, representada em metáfora ou não sob formas de canções, poesias, prosas,contos, quadros etc...viaja por aí... encontra morada em outros tantos seres que produzem novas telas.

Bjs artimentados!

Richard Courmayeur said...

Belo poema Dulce!
Gostei bastante.

Isa Lisboa said...

Sim, Dulce, eu também acredito nas cores do silêncio, por vezes ela rodeiam-nos e aconchegam-nos...
Beijinhos

Carlos Moraes said...

gostei do neologismo artimento... sim, quem sente é artista, sem sentimento não há arte, a arte faz sentir... a amalgama: artimento...

Cris Campos said...

Dispus cada elemento nesse meu coração sótão.

Lindo amada! Gr. Bj.!

Marco Rocca said...

Lindo poema Dulce, parabéns!

manuel marques Arroz said...

Obrigado por colorires o mundo cinzento.

Beijo.

Luís Pinto da Silva said...

Verdadeira poesia, parabéns!

http://planopalavras.blogspot.pt/

Post a Comment

Publicações populares