Powered by Blogger.
RSS

Caminhos

Imagem: Google


Caminhos

Na curva a luz
No caminho traçado
Passo a passo

Às vezes em vão
Um caminho incerto
De incertezas

Afago enfim
Na tua mão estendida
Perto te sinto

Ao fundo a luz
E o traço traçado
Perde-se no fim

E da escuridão
Resta uma lembrança
Um traço em nós

Acaricio...
O caminho é teu ser
Onde eu passo

Brilha a vida
Desenha o caminho
Ao acolher-te

E apaixono
Ao acariciá-la
Em devaneios

Fazem-se sonhos
Desfazem-se os leitos
Iluminados

Os quais eu amo
Quando eu penso que...
Não há mais nada...

Osny Alves & Dulce Morais

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

3 comments:

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

Osny e Dulce, senti as luzes que iluminaram vocês.
Que graça teria se ficássemos sabendo com absoluta certeza , as surpresas desse caminhar?

Bom é podermos sentir presenças( quando eu penso que... Não há mais nada...)

Beijos!

Isa Lisboa said...

Ao caminhar, também se faz caminho!

Beijo, parabéns por esta poesia em dupla!

Dulce Morais said...

Muito obrigada, Claudiane e Isa!
Obrigada também ao Osny! Foi um grande prazer escrever consigo!
Abraços!

Post a Comment

Publicações populares