Powered by Blogger.
RSS

Exististe?

Erica Chappuis
Se não te tivesse tocado
Se teus lábios
Não tivesse beijado
Se a tua pele e a minha
Não se tivessem fundido
Se com todo o meu corpo
Não te tivesse amado
Enquanto a alma via…

Se assim não fosse
Que tinhas existido
Talvez eu não acreditasse
Acharia que sonho tinhas sido
Ainda o és
Mas antes sonho já sem sentido.

Isa Lisboa

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

7 comments:

Dulce Morais said...

Será o sonho que faz sentir na pele o toque tanto desejado?
Será a poesia que faz sentir nos versos o sonho tanto imaginado?
Ou será a magia da poetisa que nos faz saber que existiu um momento único?
O teu poema é emocionante, Isa!
Beijinho!

Isa Lisboa said...

Emocionante é o teu comentário, Dulce! Obrigada! Beijinho

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

Este sonho tão sem sentido... será que não faz mesmo sentido? Hoje li algo interessante, o passado resta.

Sentido se fez. Eu sinto e gosto.
Bjs

Carlos Moraes said...

sentir que dá sentido ao sonhar... lindo. bjs

Isa Lisboa said...

Obrigada, Claudiane e Carlos! Um abraço

Nádia Santos said...

Um encanto. Parabéns!

Kizy Lee said...

Adorei a maneira como detalhou a sua indagação repleto de amor, questionamentos e lembranças do Eu ser.
Encantador :)

Post a Comment

Publicações populares