Powered by Blogger.
RSS

Finados - II

(dedicado a meu pai)

Pai, já sei onde estás!

Já sei o que és...

Não és a brisa, nem flores,
nem és morro, nem nuvens, nem pensamento ...

Tantos anos num momento
e já não existem dores...

Sei que precisas de paz
e me coloco a teus pés,
pos sei que és tu, tu mesmo e melhorado
que segue adiante,
mas ainda te manténs a meu lado!

Vai com Deus e com minha prece
e com todo o amor radiante
do filho que nunca te esquece.

Gilberto de Almeida
03/11/2012

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comments:

Post a Comment

Publicações populares