Powered by Blogger.
RSS

GARDÊNIA

GARDÊNIA

Fui pra São Paulo, fui num bate e volta,
fui cuidar do meu Direito Autoral,
e aproveitar e matar a Saudade,
de minha Querida Filha,
minha Linda Girassol.

Mas inevitável, no caminho,
o Metro parar na estação Armênia,
então no meu imaginário,
mentalizei e enviei pra Ela,
um buque de Gardênia.

Estação Armênia,
onde ela descia pra trabalhar,
e por algumas vezes a gente se encontrava
as 11:30 Hs pra almoçar,
e de outras vezes que eu a esperava,
as 10:30 Hs pra Namorar.
E eu acreditava,
quando ela dizia que me amava.

Mas agora é só uma lembrança minha,
não tem como não lembrar,
porque por aqui tive que passar,
e do mais singelo, para mim,
e como se fosse agora,
Eu Nela a pudesse Beijar.

Uma estação que faz homenagem
ao sofrido povo da Armênia,
e eu mando pra Ela,
um Buque de Gardênia.

É assim, uma mera Poesia,
que agora eu faço,
para alguns haverá empatia,
e pode até parecer Bonita,
mas, por mais simples que seja,
mas ao faze la,
só eu sei da minha Taquicardia.

Marco Aurelio Tisi

( 09/05/ 2013 )

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comments:

Post a Comment

Publicações populares