Powered by Blogger.
RSS

O Oculto


O Oculto

Agora está exposto...
Tudo que era velado
E há surpresa em meu rosto
Como ao ver um cavalo alado

Tudo o que eu queria
Foi a mim ofertado...
E eu como criança, com olhar atentado
A espera do que descobriria

Mas somente ao final da cerimônia
Que se desfez toda Babilônia
E então eu pude entender

Ao quebrar minhas correntes
E em minha mente sem torrentes
Entendi o que é transcender


Diogo Aguiar

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 comments:

Dulce Morais said...

Que perfeita transformação, Diogo!
Oculto está, mas revelado fica a quem sabe sentir o poeta entre as linhas dos seus versos...
Belíssimo!

Diogo Aguiar said...

Obrigado pelas palavras Dulce, beijos e abraços!

Post a Comment

Publicações populares