Powered by Blogger.
RSS

Primeiros Amores

Imagem Google

Quando volto a minha infância
Que os anos não trazem mais,
E aquela essência da inocência
Colorida de amor e paz!
Brincadeiras ingênuas e faceiras
Aos olhos do sol e sorriso da lua
Em empolgadas tardes inteiras
No lago, no campo largo da rua!
Meninos peraltas atrás da bola
Esconde-esconde e pega-pega,
E quando chegávamos à escola
Também tinha de cobra cega!
E ao acordarmos pela manhã
Escolhíamos o asfalto ou açude
Na disputa dos carrinhos de rolimã
Ou as partidas de bolinha de gude!
O carinho amoroso por nossos pais
Por nossos amigos e professores
Que ministravam os nossos ideais
E pintavam os primeiros amores!
Coisa de luxo como a televisão
Não fazia sucesso que eu me lembre
Estilingue e taco, isso era diversão,
Tinha o Atari como o videogame!
As meninas brincavam de boneca
Faziam comidinha escola e casinha
Febre do diário e jogo de peteca
Cecê-cere-cecê e de amarelinha!
Tiravam nota cem nos trabalhos
Daqueles que menino não fazia,
Tinham figurinhas nos armários
E escreviam mil versos de poesia!
E ao voltar a minha infância
Tudo que um dia imaginei
Os meus sonhos de criança
Ao menos um já realizei.
Escrever em versos como sabes
Saudoso eu escrevo como agora
Queria ser como Castro Alves
Grande sonho de outrora!



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

1 comments:

Carlos Moraes said...

o menino cresceu e se fez poeta... abs

Post a Comment

Publicações populares