Powered by Blogger.
RSS

O conto encantado

(uma brindadeira dedicada à amiga Kizy Lee)














A vida não dá desconto:
quem canta ou escreve um conto
ou conta ou descreve um canto
às vezes se desencanta,
às vezes se diz "em conta"!

Mas, e o conto?
Ah! Sumiu! Não o encontra!

Gilberto de Almeida
06/09/2013


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

5 comments:

Kizy Lee said...

Verdade Gilberto, eu escrevi o conto e ele simplesmente sumiu, então fica a pergunta: Obra do destino, ou pura distração?

Gilberto de Almeida said...

Tem algumas perguntas para as quais não há resposta! Rsrs!

Claudio Castoriadis said...

Um show de poesia em uma brevidade de pensamento meu amigo! Parabéns.

Dulce Morais said...

Adorei!
Kizy, ele voltará! Na sua mente ou no papel, o conto há-de contar-se!

Linda brincadeira em poesia, Gilberto!
Abraços a ambos!

Gilberto de Almeida said...

Obrigado, amigos! Para alegria de todos, o conto ressurgiu, e estava o tempo todo nalgum cantinho da mente da nossa amiga Kizy Lee! :)

Post a Comment

Publicações populares