Powered by Blogger.
RSS

Portugal!

Ah! Portugal terra longínqua
Deixaste-me aqui a míngua,
Com desejos em meus olhos
Por ver-te em meus sonhos!

Que molhaste a minha boca
Em tuas paisagens retratadas
Bem antes da arte barroca
Ao construir tuas estradas!

E ao ver-me aqui em solidão
Nesta incrível imensidão,
É onde peço e não me dão,
Um pouco dessa paisagem sem igual
Desta linda Portugal!

Pariste-me assim sutil
E deste-me um nome tão gentil...
Cresci aqui sozinho
Sem teu afago sem teu carinho,

E meu nome é Brasil!

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

3 comments:

Joana Ramos Rodrigues said...

EU TENHO A SORTE DE OLHAR DE MINHA JANELA E VEJO ESSE LINDO PALÁCIO DA PENA, E A BELISSÍMA SERRA DE SINTRA LINDA E BELA ,COMO BELO É SEU POEMA

Dulce Morais said...

Como gostei de ler, Osny!
Adorei!!!
Abraço!

norma maria Fonseca said...

Que lindo poema sobre minha terrinha em parte, meu Avô veio de Bragra, Bracelos em 1922...Hoje minha filha Romi Mossi cantora de Fados e Flamenco mora em Lisboa e há 5 anos completa dia 07/09 e não mais nos vemos a não ser pela webcam. Imensa saudade mora em meu coração por não sentí-la junto de mim! Me emocionei quando li seu Poema sobre Portugal, parabéns pelo seu escrever em rimas e prosas...Um abraço com carinho daqui de Cabo Frio...

Post a Comment

Publicações populares