Powered by Blogger.
RSS

Asas...


nesse rio
tem um quê
que atravessa
oceanos

e antecipa em mim
as certezas
que me faltam

nele meus olhos
mergulham fundo
nos seus

para no centro
do meu deserto
segurar tua mão

jeito simples
de criar asas
e alcançar o infinito




" Conhecer alguém que nos entende, apesar da distância, sem que seja necessário expressar o que sentimos. Eis o que faz da Terra um jardim"

(Goethe) 





  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

5 comments:

Dulce Morais said...

Asas formadas de água e vento na sinceridade do sentimento...
São marés que acalmam tempestades e mãos que se unem para não mais se separarem...
Lindo, Cris!
Grande beijo!

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

Isso acontece porque o universo sempre conspira e une almas afins.

Ontem estava lendo uma postagem na minha comunidade e gostaria de partilhar com você Cris.
"Uma pessoa acordada é chamada de iluminada... porque tem a luz interna que vê. E esta pessoa não é nada demais. Nenhum "mestre" é algo assim demais. Não! Ele simplesmente vê a nossa insensatez... e tenta nos dar palavras... não que indiquem alguma coisa.... mas que nos dê motivações para que nos direcionemos para o nosso interno... para essa busca sincera pela vida... que vai nos dar a visão... os olhos necessários para enxergar as coisas como realmente são. "
Acho que é isso também o que sinto em sua poesia.

Isa Lisboa said...

São lindas essas asas, Cris, que se criam com sentimentos!
Beijo

Cris Campos said...

Obrigada de coração meninas, pelas palavras.

Clau,
Obrigada pela partilha do texto, simplesmente lindo... e sinto-me feliz em saber que minha poesia desperta tão belos sentimentos.

Gr. Bj. no coração de vocês!

eder ribeiro said...

demasiadamente lindo isso, Cris. Tentei sentir o toque da mão, voei. Bjos.

Post a Comment

Publicações populares