Powered by Blogger.
RSS

Foi canção

Arte: Ora Tamir

Há quem me diga
Para apenas nas recordações
Te guardar
Longe do coração;

Mas
No meu peito
Cabem memórias,
Cabem as lembranças
Que foram canção,
Ainda que a música
Já não seja nossa
Tenha deixado de se ouvir.

Pois quando a letra
Foi bela,
Há que a manter
No peito;
Onde se guardam os ritmos
Que um dia
Nos fizeram dançar.

Isa Lisboa

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

5 comments:

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

Isa , seus últimos sete versos me trouxeram um som muito especial. É isso, não devemos apagar o que já não é, pois se já nos fez bem querendo ou não, já faz parte de nós.
Bjs de sua fã.

Isa Lisboa said...

Sim, Clau, é isso que eu acho também! Obrigada pela leitura e pelo comentário! Um beijinho

Kizy Lee said...

Essas canções, cismam em tocar em nós. Um belo poema querida, pois me ajudou a compreender o motivo da musica que toca em mim...
Com carinho

Dulce Morais said...

Isa,
Há lembranças preciosas e sentimentos que nunca nos deixam...
Se dor deve haver pelo que foi vivido, mais vale conservá-la nas lembranças que nos esquecimento...
Gostei muito da tua sensibilidade.
Beijinhos!

Isa Lisboa said...

Obrigada, Kizy e Dulce, pela leitura atenta!
Um beijinho

Post a Comment

Publicações populares