Powered by Blogger.
RSS

BORZEGUIM


BORZEGUIM


Eu Adoro meu Borzeguim,
eu o ganhei de uns Amigos Afins,
eles moram la na Serra da Canastra,
que as vezes dá uma Saudades
que se alastra .

Meu Borzeguim é Confortável,
Maleável e Impermeável,
mas para alguns,
usa – lo na cidade é inaceitável.

Mas eu agora na Cidade grande
sou um Jeca – Tatu,
fico procurando o canto do Anú,
meia assim Jururu.

Bom seria se pudesse
ir pro meio do Mato,
ficar estupefato,
fazendo Poesia
na beira do Regato.

Mas estou na Cidade Grande,
levando a vida sem aflição,
apurando a audição,
a procura da Passarada,
que, mesmo na Cidade Grande,
na época da Florada,
faz o fundo musical,
na Aurora nublada.

Mas eu gosto mesmo
do meu Borzeguim,
porque enfim
eu sou simples assim,
e já não estou
muito preocupado,
se alguém gosta de mim.

Marco Aurelio Tisi

( 10/11/2013 )

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 comments:

Isa Lisboa said...

Devemos sentir-nos bem na nossa própria pele, e, no caso, no nosso próprio calçado... :)
Um abraço

Diego D' Avila said...

Não conhecia a palavra borzeguim. A última estrofe ficou ótima!

"eu sou simples assim,
e já não estou
muito preocupado,
se alguém gosta de mim"

Post a Comment

Publicações populares