Powered by Blogger.
RSS

Elementos vida






Envolto pelo ar
Por sua suavidade, deixando o vento guiar
Na calmaria, a vela vai aonde o vento a soar
Torna-se água,
Amolda-se, limpa e rejuvenesce
E assim você cresce
Corre o tempo pelas chamas
Modifica, queima e consome
Não há tempo, a morte chama
E um dia, enrije-se
A mesma terra que trás vida
Abraça a morte,
Boa sorte!
   R.H. Andrade & Kizy Lee


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

3 comments:

Isa Lisboa said...

Início e fim, assim é, ciclo que se repete!
Parabéns pelo vosso poema!

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...


Gostei como retrataram poeticamente os 4 elementos numa constante transformação.
Beijos no coração de cada um.

Diego D' Avila said...

Alguns astrólogos afirmam que os signos são uma evolução, de áries a peixes. Ou seja temos todos eles dentro de nós, dentro de nosso mapa, mas em alguns nos identificamos mais. Como no poema de vocês. O homônimo no elemento fogo, escrito em laranja, ficou lindo!

Post a Comment

Publicações populares