Powered by Blogger.
RSS

Amigo Secreto do Tubo de Ensaio - Presente de Claudiane para Jhordany (Simon-Poeta)














Ah! Bem me lembro! Bem me lembro!...
- Era no glacial dezembro. Pensará logo esse menino-poeta que se inspira em Edgar Poe.
Você se enganou, era no escaldante dezembro e eu lia uma carta escrita por você ao Pai Natal, quando surgiu-me  a ideia de escrever uma mensagem ao escritor Alexandre Leão, contando que estava participando do amigo secreto do Tubo de Ensaio e que tinha acabado de descobrir que o Jhordany era seu fã. Perguntei se ele não toparia escrever um poema  para você,  fui prontamente atendida e o resultado confira com seus próprios olhos.
O seu presente não acaba por aí, declamei o poema o Corvo, em uma tradução do nosso escritor brasileiro Machado de Assis. A edição do vídeo foi feita pelo Sandro Panografia e até som de grilos ele colocou. Em um email enviei a nossa co-autora no Tubo de Ensaio, Dulce Morais para saber se a declamação ficara boa. Ela gostou tanto que publicou no Tubo e só no exato momento que estiver lendo essa postagem , vai saber que fazia parte do seu presente.
Muito bom tê-lo tido como meu amigo secreto. Feliz Natal !
Beijos no seu coração.
Claudiane


MENINO-POETA. (JHORDANY SIMON-POETA)
                                    Alexandre Leão

Eu vi um cometa no céu
Traçando arabescos luzentes;
Senti-me tão pequenino,
Senti-me pingo de gente.

Eu vi uma onda no mar,
Deslizando em bravias torrentes;
Senti-me, assim, descoberto,
Senti-me pedaço de gente.

Eu vi o sol e vi a lua
Soberanos em par, tão fulgentes.
Brilhantes alfaias celestes,
Majestosos de brilho, em suas vestes,
Tornar-me menor do que gente.

E vi...

Eu vi então um poeta,
Brilhando em versos e trovas,
Maior que as ondas pungentes.
Maior que Netuno nos mares,
Mais belo que astros nos ares,
Fazer-me altivo; Tão gente.

Brilhou o menino-poeta,
Luziu em versos e trovas.
Falou tal qual um profeta,
De coisas velhas e novas,
E fez-me crescer. Mas enfim,
O menino-poeta
De fulgor coruscante,
Presentes a todo instante,
Fez-se mais que um filho pra mim.

Belo Horizonte, 03/12/2013.

Declamação :
http://youtu.be/6rrNO-GXXdc

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

6 comments:

Ritinha said...

Que lindo isso!
Tocante como sempre, sempre que venho aqui.
bjs
Boas Festas
Ritinha

Alexandre Leão said...

Parabéns pelo emotivo presente, Claudiane!
Parabéns pela simpatia, Jhordany, que leva a despertar tais manisfestações de afeto.
Parabéns à todos os envolvidos aqui.

Parabéns, JESUS! Por mais este aniversário que conduz todos ao amor.

Jhordany Siman said...

Obrigado gente... ai, que emoção, vou chorar o dia todo.

Dulce Morais said...

Querida Clau,
Agora entendi que quase arruinei esta surpresa... mas foi inocentemente, pois achei tão bela a declamação que nem pensei duas vezes e a divulguei!
Agora fico feliz de aqui a encontrar e de saber que o nosso menino-poeta poderá saboreá-la tanto quanto deseja.

Ainda para você, Clau:
A mesma emoção une os dois
E a canção ecoa até ao outro lado do oceano.
E se de Minas Gerais nunca vi a paisagem,
Sei que os poetas hão-de cantar esta mensagem...

Alexandre,
Esta dedicação, esta vontade de oferecer um presente ao seu fã que tanto deseja encontrá-lo, só podem ser o fruto de um coração que já sabíamos talentoso e agora descobrimos generoso. Muito, muito bom ler você aqui!

Simon, menino-poeta, a nossa amiga Clau sabe surpreender e o carinho aqui deixado para si me emocionaram também!

Grande abraço a vós três e FELIZ NATAL!!!

Isa Lisboa said...

Puxa, mas que presente lindo esse! Cheio de supresas, como aquelas caixas de presente em que descobrimos várias outras caixinhas lá dentro! :) Gostei da originalidade e generosidade do seu presente!
Jhordany, parabéns pela sua poesia, e obrigada por nos inspirar aqui!
Feliz Natal!

Jhordany Siman said...

Obrigado amigas! Até hoje não me caiu a fixa... kkk Mas eu só tenho a agradecer o carinho de vocês! :)

Post a Comment

Publicações populares