Powered by Blogger.
RSS

IMPULSO


                                                      
                                                           Ilustração: Claudiane

Ficar estático é grave
necessito cruzar a ponte
só eu posso construir a nave
e voar além do meu horizonte
bem-te-vi, gorjeia a ave
bondade e amor brincam no monte
quimera encontro a chave
que abrirá ilimitada fonte...


Meu  sol  interior derrete o ébano
prossigo a viagem,
destino perfeição!

E assim quando minha noite chegar...
meu brilho bem forte do outro lado  me acordará.

Claudiane Ferreira


                                         "Agora não pergunto mais aonde vai a estrada
                                            Agora não espero mais aquela madrugada
                                       Vai ser, vai ser, vai ter de ser, vai ser faca amolada..."
                                                       Milton Nascimento - Do disco Minas


 

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

4 comments:

Dulce Morais said...

Não há estática quando os versos movem... comovem... fazem sonhar e viajar.
Há apenas esse impulso, essa vontade de soltar as amarras, de saltar barreiras e de ver do outro lado do espelho.
Parabéns, minha Amiga!
Adorei!

Sandro Panografia said...

Não podia ficar só nos versos lindos e comover como uma poetisa normal não né, Claudiane ?!! Tinha que dividir espaço com uma das músicas mais lindas que já ouvi até hoje da MPB para acompanhar não é ?!! Parabéns pelo sol interior que aquece nossos corações e parabéns pelo bom gosto ... Milton e o Beto agradecem ! Um beijo no seu coração !

mochiaro said...

Podemos ficar estático dentro de um movimento, ou seja, dependendo de uma referência.
Assim você em relação à ponte esta em estática, mas em relação ao universo não.
De fato você foi bem analista ao construir a nave e criar o movimento.
O bem-te-vi que como o nome afirma é o olheiro acompanhante de seus desejos
Um calor assim, abrasador reduz a cinzas a negritude/
dureza das disputas que se torna angustiante.
Mas o brilho forte do polimento no sonho/ébano irá abri seu sol exterior.
Clau um beijo

Kizy Lee said...

Nada como o brilhos do sol, o mover das coisas para nos dar impulso..
Adorável poema, espero que a pessoa dedicada tenha sentido este impulso.
Com carinho

Post a Comment

Publicações populares