Powered by Blogger.
RSS

Máquina de lavar sentimentos

É preciso congelar a situação, ter uma máquina do tempo, a máquina de lavar sentimentos que puxa uma ideia, dedilha outras ideias, que pulsa adrenalina e tarda no cobertor segunda pele que acoberta o gramado deitado, pairando visível na neblina depois que o sono adormece, sonolento e lerdo.  

Queres-te respirar, esfriar, o pôr do Sol? Resfriar o ar condicionado dilatado mudo modulado, a legitima unção do carinho, um abraço demorado, guardando o silêncio sob a tenda do céu cristalizado, transformado, compassivo, o caminho convalescente da grandeza adormecido entre os homens; é preciso uma máquina de lavar sentimentos. 




Por Claudio Castoriadis
Imagem: fonte web

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 comments:

Dulce Morais said...

Claudio,
Quando os sentimentos precisam de renovar-se, de lavar-se, diz-nos o poeta um sentido que tem perfume a maravilha...
Adorei!

PS: Recordou-me uma canção em francês que me permito deixar aqui....
Abraço!
http://www.youtube.com/watch?v=r_zTEHa0Ikw

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

"Resfriar o ar condicionado dilatado mudo modulado"
Como está difícil para eu resfriar
Bjs.

Post a Comment

Publicações populares