Powered by Blogger.
RSS

Amo-te no limiar da noite!


Grito mudo do teu corpo
rosa de amor desfolhada
no teu corpo me acomodo
amo-te na carne
minha amada...

Meu amor
amo-te no limiar
da noite!
Vê como brilha
a luz do luar...

Manuel Marques (Arroz)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

1 comments:

Isa Lisboa said...

Iluminado pela lua, como é belo o amor!
Muito bonito, o seu poema, Manuel!

Post a Comment

Publicações populares