Powered by Blogger.
RSS

Amante em Mãos... Por Danka Maia






No Dia Do Amor, uma paródia de um caso antigo que certamente você já teve...rs

Parada em meu divã,
Contemplo teu poder em dominar,
O recinto,o lugar,
E eu tua escrava,
Pairando,apenas esperando,
Que determine como
Devo me portar.
Ah e seu teu jeito emudecido me enlouquece...
Tudo que careço fazer,
É deixar que todas as nuances de teu corpo rijo,
Determine meu riso, quiçá meu lamentar.
Lacrimo de prazer,
Sorrio de amar,
Porém tudo que digo,
Imponente e preciso
È que me ordene sem palavras:
_Faça o que digo!
E nessa aventura,
Me levas,
Me tens,
Me encanta,
Eu vou além...

Meu terno arrebatador de sonhos e fel,
Oferta-me o mel,
E por vezes tão cruel,
Me faz gueixa,
Submissa,
Sobrepujada,
Na mordaça,
Deixo o meu eu...
Agora a hora me chama,
Madrugada seca tu me deste
Foram dores e não amores
Devo eu te abandonar?
Parte de mim ordena o Sim,
A outra impera o Não,
Contudo neste relés coração,
Há espaço em minha mente,
Mesmo que seja demente,
Mesmo que eu sofra por esforço,
É finda esta lida,
Meu suntuoso amante remorso,
Deitarei em meu sepulcro,
Deixo-te...
Controle Remoto!




  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

3 comments:

SENTIMENTOS said...

Remotamente irei te amar.Remotamente irei remar nesse mar de amor,
sem dor,sem pudor,dar-te-ei meu amor,com ardor,sem pudor.
ah! amor!
Remotamente teu amor,para sempre ligado for.
Beijos com ardor,
nesse coração de Amor.
Ricardo Soares de Araujo.25/04/2014

Dulce Morais said...

Excelente, Danka! :)
Dizem que quem pensa controlar é controlado... ;)
Abraços, Amiga!

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

"E nessa aventura,
Me levas,
Me tens,
Me encanta,
Eu vou além..."

Para me controlar é preciso deixar-me livre.

Post a Comment

Publicações populares