Powered by Blogger.
RSS

BOLINHAS DE SABÃO

BOLINHAS DE SABÃO
por Maristela Ormond.

São elas multicoloridas, pequenas, grandes ou transparentes,
São segundos de existência,
Que colocam sorrisos nas gentes,
Do sorriso ao respirar, depende sua intermitência.

São amigas do arco-íris
São brinquedos de criança
Que fazem sorrir Oziris,
Quando vê tanta abastança.

Brinquedo simples, sem custo,
Bastam sabão e caule de mamona,
Não há nada mais augusto
A visão que proporciona.

Quem ainda não brincou,
Não sabe o que está perdendo,
A bolinha de sabão que a muitos enricou,
Não permite que se veja sua criança esmorecendo.



 
Imagem da Web

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

4 comments:

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

Quantas saudades seu poema me trouxe.
Bjs.

mochiaro said...

Uma bolinha cheia de vida.
Bolinhas rompendo levando a alegria
Uma nova bolinha criativa de nova vida
Novas bolinhas agrupando alegrias.
um abraço

Dulce Morais said...

Maristela,
Nunca me canso de as ver dançar ao vento... :)
Lindos versos da memória!
Beijinhos!

Maristela Ormond said...

Obrigada Claudiane, obrigada Mochiaro muito bem colocado seu pensamento, Obrigada Dulce, estou ficando lisonjeada com tanto carinho de vocês. Obrigada, obrigada, obrigada. Beijos.

Post a Comment

Publicações populares