Powered by Blogger.
RSS

Anda vem !

Meu corpo atravessa teu corpo
há restos de ternura
cores do arco-irís
lume e perfume
fundo neutro e sem cor...

Corpo quente todo perfume
néctar encantado
és rosa és espinho meu amor
corpo perfumado
perfume do pecado
solidão que se tranformou em dor...

Anda vem
dá-me os teus beijos
teu amor é o meu mar
teu corpo o meu navio
tua boca  os meus desejos...

 Manuel Marques (Arroz)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

1 comments:

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

" Teu amor é meu mar" Muito significante esse verso.
Abraços

Post a Comment

Publicações populares