Powered by Blogger.
RSS

LAGRIMAS E PALAVRAS

LÁGRIMAS E PALAVRAS
por Maristela Ormond

Parafraseando alguém que não conheço:
“Colocamos lágrimas, onde faltam as palavras”.
Palavras são fáceis, quando ditas sem pensar,
São também instrumentos rudes que o peito escalavra.

As lágrimas rolam de alegria, saudade,
E saudade, não há como explicar com definição.
Lágrimas denotam sentimentos,
Que podem ser de afeição, emoção ou aflição.

É dos olhos que as lágrimas desabrocham,
Os olhos são os que falam sem os lábios,
Dos olhos que se fecham e se calam,
Dos olhos semicerrados, que marcam sentimentos dúbios.

As palavras são expressas pelos homens,
São um símbolo de amor ou não...
Lágrimas são as vírgulas que se antepõem a elas,
É toda uma expressão sem que a nada se faça alusão.


Imagem da Web

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 comments:

Gilberto de Almeida said...

Gostei demais da figura poética "lágrimas são as vírgulas que se antepõem a elas". Bela visão poética, como um todo. Obrigado por compartilhar!

Isa Lisboa said...

Talvez não seja à toa que as lágrimas são feitas de duas coisas tão essenciais à vida: o sal e a água...!
Muito bonito o seu poema, Maristela! :) Um abraço

Post a Comment

Publicações populares