Powered by Blogger.
RSS

A menina e o cipreste


Gilberto de Almeida
31/07/2014


  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

4 comments:

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

Está cada dia ficando mais fera.
Amei a menina e o cipreste. O vento balança os dois?

Gilberto de Almeida said...

Obrigado, Claudiane! Vejo esse quadro assim...
A menina vê o cipreste.
A menina se vê no cipreste (o cipreste são os seus cabelos... reparou?)
Só que a menina, tão sólida quanto o cipreste, presencia algo que a faz estacar: o cipreste se curva ante a brisa, algo etéreo, impalpável, uma força da natureza...
E a menina ali, tão palpável quanto o cipreste, não é capaz de fazê-lo se curvar. Parece que ele está encantado por algo mais poderoso que Ela...
Terá a menina ciúmes da brisa?

E.P. GHERAMER said...

Encantadora sua descrição do "quadro".
Grande abraço!
Em tempo: E o Quadro também!

Gilberto de Almeida said...

Obrigado, EP! Você á muito gentil!

Post a Comment

Publicações populares