Powered by Blogger.
RSS

CONVERSA COM CURUMIM

CONVERSA COM CURUMIM
(Por Maristela Ormond)

Curumim contou-me uma história,
Quando eu estava a dormir.
Curumim volta e repete a tua
História pra mim?
Não tinha papel e caneta,
Não anotei o que disse de tua sabedoria...
Poderia repetir? Arrumo agora uma caderneta.
Na verdade o branco esperto,
Não entende tua magia.
Já me falaste por séculos,
E eu quase nunca acerto.
Curumim sei que tuas lágrimas,
São porque choras as águas perdidas,
O alimento, a ambição, que lástima!
Mas temos uma ignorância desmedida...
Trás com o vento da noite,
O som da tua voz meiga.
Ensina-me teus segredos,
Faz de minha morada pernoite,
Talvez eu acorde menos leiga.
Curumim não sei o teu nome,
Não me disseste, mas disseste tudo
O que era mais importante, seu codinome.
Portanto penso que sei quem tu és.
Perdoa e não desiste.
Quem sabe num próximo encontro,
Aonde o vento vem e persiste,
Eu possa entender seu canto
E guardar bem direitinho seus ensinos e encantos.

 
– unindocoraçoes.com.br

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 comments:

E.P. GHERAMER said...

Lindo e singelo, Maristela!

Maristela Ormond said...

Obrigada. Você sempre gentil. Bj.

Post a Comment

Publicações populares