Powered by Blogger.
RSS

Falta pouco

Foto: Autor não identificado


Filha de mim
De mim orfã
Não sei onde me encontro
Nem se me perdi
À volta, nada vejo
Nada oiço
Nada sinto.
O meu corpo está fechado
Sobre si mesmo
Enconchando a alma,
Dentro de pedra dura.
Qual ouriço,
Criei espinhos protectores,
Perfuram-me a pele,
Ainda não endureceu.
Falta pouco.

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

3 comments:

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

"Filha de mim
De mim órfã
Não sei onde me encontro
Nem se me perdi"

Isa, tem certos momentos que me sinto assim.

Beijos.

Gilberto de Almeida said...

Obrigado por compartilhar, Isa! Reflexão que devemos fazer!

Isa Lisboa said...

Obrigada a ambos! :)

Post a Comment

Publicações populares