Powered by Blogger.
RSS

Reformulando


Imagem Sanna Franco (1947) 

 Como diz uma  certa letra de uma música do Teatro Mágico
 "Nem toda palavra é  aquilo que o dicionário diz"


Em seu poema Deficiência ,  Mario Quintana , poeticamente,  nos faz refletir sobre  algumas palavras como deficiente, louco, cego, surdo, mudo etc...

Resolvi  brincar também com estas deficiências

REFORMULANDO


Deficiente 


  Você no fundo será que está ciente do déficit  de energia positiva dessa palavra ?


Louco


 É aquele que se denomina louco ? Se assim for, sou louca  assumida ! Por uma bela palavra, um belo gesto de protesto.



Cego 


 É o ego nas alturas? 


Surdo 


 Só ouve a própria voz ? Nem  Deus  é ouvido!


Mudo 


  É todo aquele que não procura externar a  luz da ética.


Paralítico


Sistema Educacional do Brasil . Uma fachada que nem mais inglês acredita 


Diabético


Só contrai  quem acredita no discurso doce dos parlamentares brasileiros  .  Doença longe ainda de ser erradicada.


Anão


Por mais que a vida demonstre, nunca evolui

Miserável


Pessoa desprovida de amor ao próximo em todas as escalas imagináveis.

Claudiane Ferreira


Poema Deficiente - Mário Quintana



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

9 comments:

Cristiane Vilarinho said...

Claudiane,
Que espetáculo... Amo seu trabalho, sua sensibilidade na escrita..
Parabéns moça talentosa :) como é bom ler seus escritos...

Isa Lisboa said...

Clau, adorei este seu dicionário, que não fica nada atrás do de Quintana, que não conhecia!
Um beijinho

B. said...

Muito bom! Crítico e inteligente.

Gilberto de Almeida said...

Claudiane, acredito que a beleza da poesia se concretiza quando, lendo-a, refletimos. A poesia começa no poeta e termina no leitor. Obrigado por compartilhar!

Clarice Moreno said...

Parabéns.. gostei muito e lhe digo o seu dicionário às palavras diz muito! Bjs

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

Cristiane , obrigada a reciprocá é verdadeira. Bjs.

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

B, obrigada pela leitura e comentário.

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

Isa e Gilberto, obrigada pelos comentários carinhosos.

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

Clarice, como bem disse o colega Gilberto" A poesia começa no poeta e termina no leitor". Obrigada por sua sensibilidade.

Post a Comment

Publicações populares