Powered by Blogger.
RSS

Pouco me basta

Imagem da web
Queria ser sua pulseira,
Seu travesseiro, queria ser um adereço
Que lhe coubesse, queria ser a presilha
Do seu cabelo, seu relógio
E suas vestes... 

Queria lhe cobrir o corpo e sentir
Seu jeito doce... Queria ser o batom 
Da sua boca... Seu retrato 
Ou o papel que você amassa com a mão...

Queria ser seu anel, e ter contato
Com seus dedos... queria ser uma 
Peça de armário qualquer 
Para ouvir a sua voz...

Queria me deliciar com sua presença
E rememorá-la durante a ausência, 
Queria ser a luz no teto, a iluminar
Os pensamentos e os caminhos...

Queria ser o sapato que adorna
Seus pés... queria ser sua caderneta
De recado... seu telefone... queria ser,
Ficaria satisfeito, até ser
Um grampo de papel... 

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

0 comments:

Post a Comment

Publicações populares