Powered by Blogger.
RSS

Dentro da noite...



Não é tanto a saudade que dói
o passado é um tempo que não passa
tudo em nós foi naufrágio...

é  o mar do tempo
os sonhos moribundos
o amar que perdi...

e neste falso silêncio
há-des permanecer nos meus olhos que não te vêem
e dentro da noite
regresso ao amor que não tenho...

Manuel Marques (Arroz)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

1 comments:

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

"e dentro da noite
regresso ao amor que não tenho..."

Quem sabe esse amor não preenche sentires por aí?
Abraços.

Post a Comment

Publicações populares