Powered by Blogger.
RSS

Esfrangalhado

                                           
                                                               Imagem JACAC ( José Calheiros)
                                                                 http://jacac.deviantart.com/




Poética imaginação
Aquecido pela consciência
Dorme sonho, sobremesa de magia
Fácil é a leitura dessa nação?

Paralelepípedos, falso colchão
Quadro amoroso digno de galeria
O cachorro latirá um bom-dia
Sorte, dividirão  grão

Uma história por trás desta vida sofrida
Depressão? Abandono? Desemprego? Qual seria o enredo?
Luta silenciada

Ações de integração social  a saída
Mais quem  mexerá o dedo?
o amor sempre rege a vida?

Claudiane Ferreira

♪ E se a cada um coubesse cuidar de um coração... Outro?
Se em cada outro peito houvesse providência além de gratidão?

O Teatro Mágico




  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

4 comments:

Cristiane Vilarinho said...

Triste realidade...
Infelizmente o ser humano não acordou para o sentido da vida...
Você é especial demais, Claudiane!

E.P. GHERAMER said...

Infelizmente, Claudiane, o Amor nunca rege a Vida...
Lindo retrato poético de uma tragédia sempiterno...

Isa Lisboa said...

Creio que muito são os enrredos escondidos atrás desses paralelepípedos...
Sim, talz que, se cada coração cuidasse de outro, isso seria um começo!
Lindo, Clau! Um beijinho

Jânsen Leiros Jr said...

Muitos são os esfrangalhados. Poucos os que percebem. Menos ainda os que "mexem o dedo"...
Excelente olhar!

Post a Comment

Publicações populares