Powered by Blogger.
RSS

O silêncio ajuste-se à tua forma !



Na vertigem de teu corpo
sonho-te e não sei como tocar-te
no céu da tua alma
o meu amor perdido
não sabe como abraçar-te...


Anda vem !
Dá-me o teu amor
abafa os ruidos do meu silêncio...


Manuel Marques (Arroz)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

3 comments:

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

Manuel, encantada com essa poesia.
Beijos no seu coração.


"Abafa os ruídos do meu silêncio..."

Isa Lisboa said...

O silêncio tem os ruídos mais significativos! :)
Um abraço, Manuel!

Dulce Morais said...

O silêncio ecoa tanto nos seus versos!
Parabéns, Manuel!

Post a Comment

Publicações populares