Powered by Blogger.
RSS

OPORTUNIDADE

OPORTUNIDADE

Próximo domingo haverá Eleição,
então estará perdida a grande Oportunidade
de se fazer uma silenciosa Revolução,
que seria, ninguém ir na Votação,
eis que este nosso pobre Brasil
esta enlameado, em todas as instâncias
de tanta má gestão.

Mas, por incrível que pareça
essa mesma corruptela,
será eleita e reeleita,
por suas promessas de sempre,
como acontece em toda Eleição,
e depois de eleitos, virão à tona a revelação,
do mar de Corrupção.

Dizem que o Brasil é uma Democracia,
mas o voto aqui é obrigatório,
eis ai a grande contradição,
e assim segue os pleitos sem modificação,
são sempre os mesmo, ano após ano,
geração após geração,
de políticos de muitas hipocrisias.

Mas neste pobre Brasil, em matéria de política,
não há Mérito, o que há mesmo é desmérito,
e há o Teatro dos inquéritos,
para os políticos fazerem as gincanas
das instâncias judiciais,
recorrendo e recorrendo, para no fim,
esses políticos terem seus beneméritos.

Então, vou aproveitar a Oportunidade,
e tal qual um “ Dom Quixote “,
vou fazer minha solitária Revolução,
não vou votar não,
não serei cúmplice dessa farsa,
não vou dar legitimidade,
para esse políticos de sempre,
que são uma calamidade.

Entretanto, não existe ingenuidade,
neste sistema todo, eis que esses políticos,
nada mais são que o “ Espelho “ da dita sociedade ,
uma vez que são admirados pela sua esperteza.
De chegar ao poder, com muita saciedade,
e por isso mesmo não haverá para a Revolução,
a grande Oportunidade.

Marco Aurelio Tisi
( 02/10/2014 )

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

1 comments:

Gilberto de Almeida said...

Olá, Marco Aurélio. Infelizmente, quando abrimos os olhos e procuramos enxergar com clareza a realidade política de todos os tempos, não conseguimos fugir muito desse cenário que você nos apresenta. Fiquei impressionado com sua lucidez quando afirmou:

"eis que esses político nada mais são que o 'Espelho' espelho da dita sociedade, uma vez que são admirados pela sua esperteza"

Acredito que a transformação que queremos ver na política não acontecerá neste século, mas no decorrer do milênio. Acontecerá com a mudança de patamar moral do cidadão comum.

Parabéns por seu texto franco e perceptivo!

Post a Comment

Publicações populares