Powered by Blogger.
RSS

Chemins...

by Andrew Davidson


é uma disforme tristeza

tristeza pelos caminhos
percorridos em vão
tristeza por aqueles
nunca explorados
tristeza
por resoluções suspensas

é um lento e dolorido esmorecimento

esmorecimento pela falta
de honestidade e aceitação
frente ao espelho
esmorecimento
por não abraçar
no momento certo
o que se espera ser
sem fugir do que se é

é um silencioso e profundo lamento

lamento por ter em destaque
áreas cinzentas
em detrimento daquelas
reconhecidamente claras
lamento
por não ter vivido
como nunca se viveu
tendo em conta a fragilidade
e mortalidade inerentes

é tristeza,
esmorecimento
e lamento
para os quais a cura está
em uma mão a ser estendida
em uma palavra a ser dita





  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

3 comments:

Rancho das Crônicas said...

Lindo poema, parabéns pela sensibilidade

Ronaldo Savazoni said...

Oi Cris, adorei a forma e o compasso de teu poema, bem como, a consciência com que trata a impotência de viver plenamente a vida que é uma tônica na vida de qualquer um. Reconhece-la, no entanto, não deve ser motivo para desistência, muito menos pela espera da mão que cura, mas, ao contrário, ela é fruto de amadurecimento não percebido e não desfrutado. Pense nisso...Abraços

Gilberto de Almeida said...

é, talvez, Cris, o momento de isolamento, de solidão e de tristeza da crisálida... que ainda não sabe o que Deus reserva ao seu destino...

Post a Comment

Publicações populares