Powered by Blogger.
RSS

O VOO DO SONHADOR

Poesia ainda inédita com tema "Pássaros" escrita para o Chá Cultural da AEPTI - Associação de Escritores, Poetas, Pintores e Trovadores de Itatiba, do qual sou sócio-diretor.
JGCosta




O VOO DO SONHADOR


Acredita-se que em 400 a.C. na Grécia antiga
Archytas fez um pombo de madeira planar
Por 180 metros ele flutuou no horizonte
E assim o homem continuou a sonhar

Cem anos depois foi a vez dos chineses
Que colocaram uma bela pipa no ar
Flutuando no céu era algo lindo de ver
E assim o homem continuou a sonhar

Foi Da Vince apenas na idade média
Que um ornitóptero veio a projetar
 Imitava um pássaro no bater das asas
E assim o homem continuou a sonhar

Em Portugal João se lançou de uma torre
E por instantes no alto veio a pairar
Foi somente um voo e o fim o abraçou
E assim o homem continuou a sonhar

Bartolomeu de Gusmão nasceu no Brasil
E o seu antecessor chegou a honrar
No século XVII seu balão saiu do chão
E assim o homem continuou a sonhar

Swendeborg no mesmo século descreveu
Uma máquina voadora que podia o céu rasgar 
Mas os recursos da época eram limitados
E assim o homem continuou a sonhar

Os irmãos Montgolfier muitos anos depois
Um novo balão chegaram a inventar
Mais de oito quilômetros o voo alcançou
E assim o homem continuou a sonhar

Cruzou a França no século que se seguiu
Um dirigível pilotado por Henry Giffard
O seu coração era um motor a vapor
E assim o homem continuou a sonhar

Num planador no início do século XVIII
O inglês George Cayley conseguiu voar
Lilienthal, Pilcher e Chanute vieram depois
E assim o homem continuou a sonhar

No avião foram muitos os colaboradores
Wiliam Henson foi o primeiro a patentear
Percy Pilcher quase entrou para a história
E assim o homem continuou a sonhar

Se foi o inventor Alberto Santos Dumont
Ou Orville Wright o primeiro a pilotar
O fato é que tanto o homem sonhou
Que um dia do pássaro tomou o lugar

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 comments:

Isa Lisboa said...

Ainda assim, o sonho é uma das características que nos move, e eu acredito que há sempre que sonhar e procurar voar :)

Anonymous said...

Joel, sonhar é tornar possível, o que é impossível aos olhos daqueles que jamais alcançarão voo pois, teme sair do chão.

Claudiane Ferreira

Abraço

Post a Comment

Publicações populares