Powered by Blogger.
RSS

Automedicação



O médico é um fingidor!
Finge tão completamente
Que chega a sentir que a dor
Do outro é a dor que ele sente.

E aquele que, então, recebe
O remédio desejado
Nem de longe se apercebe
Que quem ficará curado

É o próprio facultativo,
Que, ao fazer a prescrição,
Mantém-se, a si mesmo, vivo,
Por doar seu coração.

Gilberto de Almeida 
19/10/2015

Paródia de "Autopsicografia", de Fernando Pessoa.

Em resposta a desafio da amiga Claudiane Ferreira de Souza



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

5 comments:

Anonymous said...

Gilberto, gratidão ...

Respondeu ao pé da letra o que atrevidamente propus (Se não for pedir muito... Responda com um poema que só alguns médicos sabem fazer)

Vai que a sua iluminada poesia cole na alma de outros tantos

Automedicação uma receita em prol de uma vida mais "feliz".

Abração.

Claudiane

hbsaquarema said...

inteligente....perfeita descrição d'um sentimento profissional...que humano é...

Gilberto de Almeida said...

Acredito que a medicina vai mudar, Claudiane! Em que pese a época excessivamente materialista em que estamos vivendo, a maturidade da humanidade só poderá vir com mais amor, em todos os corações!

hbsaquarema, obrigado pelo comentário gentil!

Maristela Ormond said...

O amor ao próximo é o melhor remédio do mundo e esta receita nos foi aviada há tempos pelo mestre, mas trata-se de algo tão difícil de encontrar...

Gilberto de Almeida said...

Sem dúvida, Maristela! Melhor amar do que ser amado! Quando as pessoas aprenderem que o único sentimento que deve habitar os corações humanos é o amor, não haverá doentes. As pessoas se auto-curarão, e os consultórios médicos ficarão vazios...

Post a Comment

Publicações populares