Powered by Blogger.
RSS

Pétalas que fazem cócegas



Como se faz poema
(...)
 “Apanha-se uma flor, por exemplo, mas que não seja
dessas flores que crescem
No meio do campo, nem das que vendem nas lojas
Ou nos mercados. É uma flor de sílabas em que as
pétalas são as vogais, e o caule uma consoante. Põe-se
no jarro da estrofe, e deixa estar. Para que não morra,
basta um pedaço de primavera na água, que se vai
buscar a imaginação.”
(...)

Pétalas que fazem cócegas

A partir da semente contida
nos versos de Nuno Júdice,
germinou e desabrochou a flor
que entrego a todos vocês

Sílabas viçosas
calorosas
virtuosas

Sílabas espirituais
pontuais
magistrais

Sílabas com humor
amor
em alguns casos dor

Sílabas que vão além
brincam de vai e vem
retiram do mal  o  bem

pedaço de mim
quimera
porvir



Claudiane Ferreira

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 comments:

E.P. GHERAMER said...

Muito lindo, Claudiane.
Parabéns!

Josué da Silva Brito said...

Maravilhoso, amiga Claudiane! Poetisa por excelência!!!

Post a Comment

Publicações populares