Powered by Blogger.
RSS

Eufônica amada
















Qual seria o tamanho da lua
Se nos teus olhos ela parece tão palpável...
Qual o canto dos doces passarinhos
Se oiço eu dos teus lábios todos
Os cânticos que fazem bem aos
Moucos ouvidos.

A distância do sonho seria
Um instante de ilusão errada...
Qual miragem te domina para
Que ignores as paixões tantas
E tristemente equivocadas.

Do paraíso a casa de Hades
Apenas o inebriar de teus sorrisos
Enclausurados... de tua graça
O vinho negado, negas abrigo
Aos sonhos apaixonados.

E ouves o fino e quase emudecido
Brado sereno... qual seria o tamanho
Do teu desprezo, oh dama... do tamanho
Da lua que prendes em teu olhar ou
Do tamanho do amor que tens,
No teu peito, guardado...


Josué Brito

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

1 comments:

Dulce Morais said...

Os gigantes dizem que a mágoa é pequena nas mãos de quem sabe amar...
Lindo, Josué.

Post a Comment

Publicações populares