Powered by Blogger.
RSS

Não chora , não ria

Imagem: Claudiane Ferreira


Primavera no deserto
mimo de amor
aroma de fé.


Um dia você acorda em uma estação qualquer e tudo está florido.

O renascimento que  não esperava aconteceu... E você acaba voando nas asas de borboletas saltitantes. E tal como as abelhas, você saí por aí  adoçando mundos.

Aproveite esse tempo e guarde na memória... 

Quando em uma estação qualquer o inverno cair e você não suportar o frio da solidão, abra a caixinha da recordação

Claudiane Ferreira



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

9 comments:

Carlos NNeves said...

Belo isso, Claudiane!!!
Talvez seja isso que conte no fim de tudo... passar por essa vida aproveitando o tempo pra adoçar o mundo.
Que esse mundo não fique mais amargo depois de nossa passagem; Amem!

Ives said...

Que linda mensagem! Amei! beijãp

E.P. GHERAMER said...

Mas que beleza, Claudiane!
Um bálsamo para a alma...

E.P. GHERAMER said...

Bela flor, ótima Fotógrafa!

E.P. GHERAMER said...

Bela escolha de Música e letra...

hbsaquarema said...

...das recordações...sonhos acontecerão....e o inverno passar...acordará pr'um mundo novo...abelhas e flores....borboletas e cores....os amores....ão desabrochar....

Enquanto Allan Lucena said...

O Amor, em forma de recordação, é a nostalgia que nos tira de diversas situações desérticas!
Uma beleza de lembrar! `^^´

Beijos menina Claudiane!

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

Carlos, Edgard, Ives, Helder e Allan adorei o comentário de cada um. Grata.
Abraço

Josué da Silva Brito said...

Magnifico e singelo dom de viver, amiga Claudiane!! Seu poema é de uma genialidade enorme e de uma verdade sublime, vai de encontro ao que penso... as flores são tardias, mas quando abrem em nossa jornada são motivos de renascer e de se ter um novo dia. Abraços!

Post a Comment

Publicações populares