Powered by Blogger.
RSS

Desapego



























São estes os dias em que vivo mais
Que meu tempo... A me perfumar
Pelas rosas que me perseguem, vou
Eu postergando o tempo da viagem...
Do encontro entre eu e minha alma.

Caminhos mal delineados pelas
Águas que deslocam pedras vão
Levando minha razão em enxurrada,
Vou me desencontrando mais e
A vida vai se tornando cela.

Os papéis que dantes registravam
Minha glória e minha miséria, hoje
Apenas embrulham os pães que vão
Aos pássaros que emprestam asas
Aos sonhos... fármaco para querelas.

O sol que antanho emprestava brilho
Para as noites de engano e ilusão
Profunda, agora ilumina os cismar
Solitário da cadeira que jaz vazia,
Assistindo os dias, vendo as mazelas.

Josué Brito 

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

1 comments:

Luiza De Marillac Bessa Luna Michel said...

Josué, tão jovem e e tão brilahnte escritor. Sensacional, vocÊ é brilhante querido poetamigo Josué! Beijos da Luiza

Post a Comment

Publicações populares