Powered by Blogger.
RSS

No teu corpo recomeça o mundo...

De  onde vem a tua voz que me rasga por dentro
tu vens fundes o teu corpo no meu
quando te beijo é longa e profunda a noite
meu poema é amor volúpia ardente..

Tateio no escuro o amor que procuro
encontro no sonho a razão da existência
no teu corpo recomeça o mundo...

Manuel Marques (Arroz)

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

1 comments:

Claudiane Ferreira de Souza da Silva said...

" No seu corpo recomeça o mundo..."

Post a Comment

Publicações populares